info@madreceleste.com

Quer devolver a vida ao seu cabelo experimentando técnicas de limpeza e hidratação mais naturais?

A maior parte de nossos cuidados diários costuma ser dedicada aos nossos cabelos, visit eles mudam a nossa fisionomia, dão vida ao nosso corpo, mas toda aquela ritualística de lavagem pode resultar em cabelos sem vida, ressecados, destruídos com o passar do tempo, isso acontece porque os shampoos tradicionais possuem sulfatos e petrolatos que limpam além do necessário, retirando camadas protetoras naturais dos fios e substituindo por camadas superficiais químicas, chamadas pelas propagandas tradicionais de “capas protetoras” e nomes similares.

Entre nossos queridos cabelos, os mais afetados por essas químicas tradicionais são os cacheados, sempre alvos de chapinhas, alisamentos e secadores. Mas eis que então surge a Lorraine Massey (na foto de capa), americana, escritora do livro “O Manual da Garota Cacheada” e dissemina os termos No e Low Poo (sem e pouco shampoo) para ajudar a tratar os cabelos cacheados. A técnica é baseada na proibição do uso de silicones e de alguns componentes destruidores dos fios capilares que estão presentes na maioria dos shampoos e condicionadores.

No Low Poo o objetivo é diminuir o uso do shampoo substituindo-o por shampoo sem sulfatos, sem petrolatos e de preferência também sem parabenos.

Os Sulfatos são substâncias utilizadas para promover uma limpeza profunda na pele e nos fios capilares, são eles os responsáveis pela espuma e também pelo ressecamento, pois além de remover a sujeira, também remove toda a oleosidade natural da pele e dos fios.

Os Petrolatos (ou derivados do petróleo) – vaselina, óleo mineral, parafina, e todas as suas variações, formam uma camada na pele e nos fios que com o tempo vai se acumulando e impedindo que outras substâncias possam ser absorvidas para uma nutrição ou hidratação adequada.

Os Parabenos são os conservantes, promovem vida longa aos produtos, mas pesquisas alegam que podem ser perigosos para a nossa saúde e por isso não são proibidos na técnica, porém são evitados.

No site da Mari Moreno e no Cacheia.com tem uma lista completa com o nomes de todas as substâncias proibidas e dos produtos que são recomendados e liberados. Antes de iniciar a técnica é necessário que se lave o cabelo com um shampoo com sulfatos e sem petrolatos para retirar os primeiros resíduos, depois é que se inicia a lavagem com shampoo sem sulfatos, eles serão substituídos por Surfactantes, substâncias químicas que promovem a limpeza dos fios de forma mais suave e com pouca espuma – Cocamidopropyl Betaine e Dodecyl Polyglucoside. A hidratação é feita com condicionador também liberado e sem as substâncias citadas.

Com a técnica do No Poo, como o nome já diz, aqui a ideia é não usar nenhum shampoo. A lavagem é feita apenas com condicionar e por isso surgiram os produtos para “Co-Wash”, mas nem todos são liberados, é necessário procurar aqueles sem sulfatos, sem petrolatos, sem parabenos e sem silicones insolúveis em água, no Cacheia.com também tem uma listinha para consultar.

A Karina Viega do Acorda Bonita fala sobre a relação dos silicones com o shampoo sem sulfato, pois apenas alguns tipos de silicones podem ter seus resíduos removidos dos fios capilares com shampoo sem sulfato e além disso muitos condicionadores permitidos para no poo possuem certos tipos de silicones em sua composição.

As técnicas citadas acima foram criadas para o tratamento de cabelos cacheados, mas inúmeras pessoas com os diversos tipos de cabelos tem ótimos resultados, o objetivo é ter cuidado com o excesso de oleosidade, o que pode acarretar em queda de cabelo e outros problemas capilares. O Low Poo em conjunto com Receitas Caseiras podem ser um bom começo para uma mudança de hábitos nos cuidados capilares.

Você também pode contar com a ajuda de grupos no facebook como este aqui para iniciantes e este aqui para quem tem cabelos lisos e quer se adaptar.

Algumas receitas caseiras para hidratação, nutrição e limpeza dos fios e couro cabeludo são opções muito eficientes, você encontra a maioria dos ingredientes na cozinha de sua casa e não gasta fortunas com produtos especiais, tais como óleo de coco, abacate, azeite de oliva, vinagre de maçã e mel.

Máscaras feitas de óleos vegetais e óleos essenciais também podem ajudar na regeneração dos fios capilares e adaptação a qualquer técnica mais natural para o cuidado do seu cabelo.

Como toda prática diferente – principalmente quando isso envolve qualquer tipo de desintoxicação de substâncias químicas nocivas à nossa saúde – existe um período de adaptação. Talvez o seu cabelo não fique lindo e cheio de vida já na primeira tentativa, mas estudando mais um pouco sobre como o seu cabelo e sua pele reagem às diferentes técnicas os bons resultados virão com certeza.

Nesta busca por cuidados mais efetivos para o meu cabelo foi que encontrei um método incrível para o cuidado diário que é conhecido por Cronograma Capilar. Ele é basicamente um SOS para quando o seu cabelo está crítico e precisa de tratamento intensivo. Dá uma olhadinha neste post completinho da Cacheia.com.

Na próxima semana vamos falar sobre mais uma técnica de limpeza capilar natural, mas desta vez 100% natural, baseada em estudos de Saboaria em cold process e na Aromaterapia.

Acompanhe o nosso blog e se gostou compartilhe 😉

leave a reply